Custo do pacote básico de tarifas varia quase R$ 80 no ano, aponta pesquisa - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Custo do pacote básico de tarifas varia quase R$ 80 no ano, aponta pesquisa
Em 02/04/2014

Custo do pacote básico de tarifas varia quase R$ 80 no ano, aponta pesquisa

Custo do pacote básico de tarifas varia quase R$ 80 no ano, aponta pesquisa Criados pelo Banco Central para facilitar a escolha do cliente na hora de contratar a quantidade de serviços, os pacotes padronizados variam muito. Atualmente, há quatro tipos de ofertas que as instituições são obrigadas a oferecer. A diferença de preço entre elas chega a R$ 6,60. Levantamento feito aponta que, mesmo tendo quantidade de serviços iguais, há bancos que oferecem melhores condições e outros que cobram mais. É o caso do cliente que optar pelo pacote padronizado 1. Na Caixa Econômica Federal ele sai por R$ 9,50 ao mês, enquanto no Santander o preço é de R$ 9,85, uma diferença de R$0,35. A variação de preço nesse pacote parece pequena, mas ela vai aumentando conforme a necessidade de serviços do cliente cresce. O pacote padronizado 4 oferece o maior número de serviços entre todas as opções. O cliente que contratar o pacote no Bradesco ou no Santander vai pagar, por mês, R$ 30,50. A Caixa Econômica Federal oferece a mesma quantidade de serviços por R$ 23,90. A diferença, neste caso, chega a R$ 6,60, um gasto superior, só em taxas, de R$79,20 por ano. Os bancos oferecem outros tipos de pacotes, montados por eles mesmos, como preço livre, mas todos devem oferecer o que o BC chama de serviços essenciais e depois acrescentar novos itens, para então comercializá-los. "O cliente tem que exigir o contrato com o nome do pacote, os serviços inclusos e a forma de reajuste do valor", diz Renata Reis, supervisora de assuntos financeiros do Procon-SP. Os bancos confirmaram os valores informados, mas não comentaram o assunto.

Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo