Bancários fecham 6.145 agências em todo o país no primeiro dia da greve - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
  • »
Home » Notícias » Bancários fecham 6.145 agências em todo o país no primeiro dia da greve
Em 20/09/2013

Bancários fecham 6.145 agências em todo o país no primeiro dia da greve

Bancários fecham 6.145 agências em todo o país no primeiro dia da greve Os bancários fecharam pelo menos 6.145 agências e centros administrativos de bancos públicos e privados em 26 estados e no Distrito Federal nesta quinta-feira 19, primeiro dia da greve nacional da categoria por tempo indeterminado. São 1.013 unidades paralisadas a mais que no primeiro dia da greve do ano passado (5.132), um crescimento de 19,73%. Os bancários reivindicam 11,93% de reajuste, valorização do piso salarial, PLR maior, mais empregos e fim da rotatividade e das terceirizações, melhores condições de saúde e trabalho, mais segurança nas agências e igualdade de oportunidades. Na Bahia são mais de 500 agencias fechadass Os bancários da Bahia mostram grande disposição para a luta. No primeiro dia da greve por tempo indeterminado, trabalhadores de bancos públicos e privados cruzaram os braços em 543 agências de todo o Estado. O número já é maior do que o do ano passado, quando 380 unidades ficaram sem atendimento Na base do Sindicato de Itabuna 31 agencias foram fechadas, a categoria cruzou os braços nas unidades bancárias na base do Sindicato dos Bancarios da Bahia 240 agencias, de Feira de Santana (31), Vitória da Conquista (53), Ilhéus (26), Jequié (15), Irecê (37), Barreiras (43), Jacobina (28), Camaçari (16) e Juazeiro (23). Na última rodada de negociação, os bancos ofereceram apenas 6,1% de reajuste salarial, índice que não repõe nem a inflação do período de 6,6%. A proposta da Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) não inclui aumento real e valorização do piso, além de não responder as reivindicações sobre emprego, saúde e condições de trabalho, segurança e igualdade de oportunidades.

Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo