Dilemas econômicos do Brasil no cenário mundial - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
  • »
Home » Notícias » Dilemas econômicos do Brasil no cenário mundial
Em 06/08/2020

Dilemas econômicos do Brasil no cenário mundial

O crescimento da indústria do Brasil em junho, pelo segundo mês seguido, é um dado que chama a atenção. O noticiário econômico se apressou em dizer que o pior do impacto econômico da pandemia de Covid-19 teria ficado para trás, mas a história não é bem essa.

Economia mundial

Esse diagnóstico se baseia na produção industrial de junho, que avançou 8,9% sobre o mês anterior, depois de alta de 8,2% em maio, de acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado mensal foi o mais elevado desde junho de 2018 (+12,9%), quando o setor retomou a produção logo após a greve dos caminhoneiros. Em maio e junho, o ganho acumulado foi de 17,9%.

Houve, sim, uma retomada, mas insuficiente para reverter a queda acumulada de 26,6% de março e abril. “O saldo negativo desses quatro meses é bastante relevante (-13,5%)”, afirmou o gerente da pesquisa, André Macedo. “É preciso relativizar o resultado que ocorre sobre base muito depreciada.” “Claro que é um resultado positivo, temos uma volta gradual da produção, mas são avanços sobre uma base frágil”, explicou, segundo a agência Reuters.

De acordo com o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi), a indústria perdeu em janeiro–abril de 2020 tudo aquilo que perdeu em janeiro–dezembro de 2015, o pior ano da história recente do setor. A queda acumulada em ambos os casos foi de 8,2% frente aos mesmos períodos dos anos anteriores. E mais grave: contribuíram tanto as medidas de isolamento social como a queda acentuada das exportações de manufaturados, rupturas de cadeias de fornecedores e o quadro de elevado medo e incerteza, bloqueando decisões de investimento e de consumo de muitos bens industriais.

Fonte: Portal Vermelho


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo