Bolsonaro diz que “cidadãos de bem” tiveram suas casas invadidas e defende a liberdade de expressão - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
  • »
Home » Notícias » Bolsonaro diz que “cidadãos de bem” tiveram suas casas invadidas e defende a liberdade de expressão
Em 28/05/2020

Bolsonaro diz que “cidadãos de bem” tiveram suas casas invadidas e defende a liberdade de expressão

STF autorizou busca e apreensão contra aliados do presidente em inquérito que investiga fake news

O presidente Jair Bolsonaro se pronunciou após seus aliados serem alvos de uma operação no STF que investiga fake news. Para o capitão, a ação é uma ameaça à democracia.  “Ver cidadãos de bem terem seus lares invadidos, por exercerem seu direito à liberdade de expressão, é um sinal que algo de muito grave está acontecendo com nossa democracia”, disse.

Em uma postagem em seu Twitter feita na noite desta quarta-feira 27, Bolsonaro disse que está trabalhando para que se faça valer o direito à livre expressão. “Nenhuma violação desse princípio deve ser aceita passivamente!”.


Após o tuíte do presidente, o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, ingressou no STF com pedido de habeas corpus a favor do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que teve depoimento determinado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo, após defender a prisão de ministros da corte em reunião ministerial em 22 de abril.

A decisão do ministro Alexandre de Moraes, no entanto,  não autoriza investigação de liberdade de expressão, mas de ameaças a ministros de STF e financiamento e distribuição de notícias falsas.

Foram cumpridos 29 mandados de busca e apreensão em endereços de aliados de Bolsonaro, como o ex-deputado federal e presidente do PTB, Roberto Jefferson, e os empresários Luciano Hang, dono da Havan, e além de blogueiros e parlamentares.

Fonte: Carta Capital


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo