Mortes por síndrome respiratória escondem a Covid-19 - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
  • »
Home » Notícias » Mortes por síndrome respiratória escondem a Covid-19
Em 12/05/2020

Mortes por síndrome respiratória escondem a Covid-19

Mortes por síndrome respiratória escondem a Covid-19

Em meio à pandemia causada pelo coronavírus, os cartórios brasileiros registraram um aumento em mais de 1.500% por mortes de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave). Foram 3.307 óbitos entre os dias 16 de março e 08 de maio deste ano, número superior ao mesmo período do ano passado, quando 210 pessoas morreram pela mesma causa. A consequência mais grave da Covid-19 é a síndrome respiratória, o que aponta casos de subnotificação do coronavírus.

Especialistas têm observado o aumento acelerado de casos de SRAG no Brasil desde as primeiras incidências de coronavírus. A conclusão é que o número crescente de casos tem ligação com o vírus, que atinge a capacidade de funcionamento dos pulmões, causa dificuldades na respiração, incluindo febre e dores musculares.

Infelizmente, o Brasil tem realizado poucos testes, o que dificulta chegar ao real número de casos da doença. Para os médicos infectologistas, os exames realizados têm dado muito falso negativo e ainda não é possível dar a segurança da imunidade aos pacientes. O que pode ser realizado são estudos epidemiológicos dirigidos, que permitam uma noção mais detalhada do padrão de circulação em determinados espaços geográficos e sociais. (SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo