Maioria dos que cometem suicídio é jovem negro - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Maioria dos que cometem suicídio é jovem negro
Em 07/06/2019

Maioria dos que cometem suicídio é jovem negro

Maioria dos que cometem suicídio é jovem negro

O racismo está longe de ter solução no Brasil e gera consequências nefastas, diferente do que diz Bolsonaro. Os dados da pesquisa do Ministério da Saúde reforçam que o país realmente necessita criar políticas públicas eficazes para a população negra. A cada 10 jovens, com idade entre 10 a 29 anos, que cometem suicídio, seis são negros.

Entre 2012 e 2016, houve aumento de 12% nos casos com pessoas negras. No caso das brancas, a taxa permaneceu estável, segundo consta na cartilha Óbitos por Suicídio entre Adolescentes e Jovens Negros. Fica evidente que a Política Nacional de Saúde Integral da População Negra, instituída em 2009, ainda é pouco aplicada nos equipamentos de saúde do Estado. A iniciativa tem o objetivo de garantir a equidade e a efetivação do direito à saúde de negras e negros.

Outro dado preocupante é que, segundo o MS, em 2016 o risco de um jovem negro cometer suicídio foi de 45%. Como as informações são subnotificadas maioria das vezes e em alguns estudos estimam o triplo de casos divulgados, o número deve ser ainda maior.

No terceiro trimestre de 2018, foi registrada maior taxa de desemprego entre pessoas pardas (13,8%) e pretas (14,6%). O rendimento mensal médio das pessoas que se declararam brancas foi de R$ 5.416,00 no quarto trimestre do ano passado, enquanto o dos pardos foi de R$ 2.467 e o dos negros R$ 1.746,00. 

Já a taxa de analfabetismo foi de 9,9% entre pretos e pardos em 2017. No caso dos brancos, foi de menos da metade (4,2%), segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Prova que de que a desigualdade racial acontece em todos os campos sociais, culturais e econômicos. (SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo