Desigualdade de gênero é um problema nos bancos - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Desigualdade de gênero é um problema nos bancos
Em 27/12/2018

Desigualdade de gênero é um problema nos bancos

Desigualdade de gênero é um problema nos bancos

A desigualdade de gênero na remuneração do setor financeiro só aumenta. Entre janeiro e novembro, as mulheres admitidas no setor recebiam, em média, R$ 3.684,00, valor que corresponde a 74,9% da remuneração média dos homens contratados no mesmo período (R$ 4.918,00).

Até mesmo quando é analisada a remuneração dos desligados, a desigualdade entre homens e mulheres é evidente. As bancárias demitidas ganhavam, em média, R$ 5.640,00, 76% da remuneração média dos homens desligados entre janeiro e novembro, que era R$ 7.457,00.

Os dados do Caged ainda apontaram que quando as mulheres entram no setor ganham menos do que os homens. Ainda tem mais. Os obstáculos são maiores para elas subirem na carreira. Por isto, é antiga a luta do movimento sindical pela igualdade de oportunidades no setor.


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo