Regras para o sistema de pagamentos instantâneos - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Regras para o sistema de pagamentos instantâneos
Em 27/12/2018

Regras para o sistema de pagamentos instantâneos

Regras para o sistema de pagamentos instantâneos

As regras para a implementação do sistema de pagamentos instantâneos foram definidas pelo Banco Central. A intenção é preparar o funcionamento das transferências de recursos de forma ininterrupta no país, inclusive fora do horário de expediente bancário.

Com o sistema será criada alternativa mais rápida e barata do que os TEDs e DOCs, serviços mais usados para transferências tanto entre pessoas quanto envolvendo indivíduos e estabelecimentos comerciais.

Atualmente, o cliente paga de R$ 2,30 a R$ 143,25 por cada transferência feita pelos canais bancários e o valor chega ao destinatário no mesmo dia se a transação for realizada entre 6h30 e 17h nos dias úteis. A conclusão do serviço pode levar de 15 a 30 minutos. 

O preço da transação pode cair para centavos, a operação completada em segundos e pode ser feita 24 horas por dia, sete dias por semana, com o pagamento instantâneo. Ou seja, o novo modelo deve ter impacto significativo tanto nos bancos quanto no sistema de meios de pagamentos.

O modelo é considerado potencial substituto para as compras pagas com cartões de crédito e de débito. Com o pagamento instantâneo será permita a participação não apenas dos bancos autorizados a funcionar pelo Banco Central, mas também pelas plataformas eletrônicas de serviços financeiros, conhecidas como fintechs. (SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo