Os bancos só demitem, ao invés de contratar mais - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Os bancos só demitem, ao invés de contratar mais
Em 27/12/2018

Os bancos só demitem, ao invés de contratar mais

Os bancos só demitem, ao invés de contratar mais

Sem justificativa, pois apresentam lucros exorbitantes, os bancos continuam cortando postos de trabalho. Foram eliminados, entre janeiro e novembro de 2018, 1.540 empregos. No mesmo período, os bancos múltiplos com carteira comercial (entre eles Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil) colocaram para fora 640 empregados. Somente a Caixa eliminou 1.059 vagas. 

A lucratividade nas alturas reforça que não têm motivos para as empresas seguirem com a política de cortes. Caixa, BB, Itaú, Bradesco e Santander lucraram, no primeiro semestre deste ano, R$ 41,9 bilhões, alta de 17,8% em relação ao mesmo período de 2017. 

A rotatividade no setor financeiro só colabora para encher os cofres. Os bancários admitidos ganhavam, em média, de janeiro a novembro R$ 4.323,00, enquanto os desligados recebiam R$ 6.555,00. Quer dizer, a remuneração dos contratados correspondeu a somente 66% do salário médio dos que deixaram o setor.

Os cincos bancos são responsáveis por empregar cerca de 90% dos bancários no país, mas o que importa é o dinheiro. Com os cortes, os trabalhadores são sobrecarregados com as agências e os clientes prejudicados com atendimento precarizado. Os dados são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho. (SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo