Educação brasileira é censurada. Preocupante - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Educação brasileira é censurada. Preocupante
Em 31/10/2018

Educação brasileira é censurada. Preocupante

Educação brasileira é censurada. Preocupante

O Brasil flerta com a censura e a educação é o alvo do momento. A deputada estadual de Santa Catarina, Ana Carolina Campagnolo, eleita pelo PSL, mesmo partido de Jair Bolsonaro, orienta, na página do Facebook, que alunos filmem e delatem professores que falem sobre política em sala.

A deputada deixou registrado um número de celular para o envio de vídeos e informações e garante o anonimato dos estudantes. Segundo ela, professores "éticos e competentes não precisam se preocupar".

A iniciativa é a mesma tomada pelo presidente eleito. Em vídeo, Jair Bolsonaro pede que aluno filme o professor que fizer manifestação política em sala de aula, para que medidas sejam tomadas. Os reflexos já são vistos.

Na UFBA, uma aluna de Veterinária comentou pelo Facebook, que uma professora foi chamada pela coordenação só porque conversou sobre violência e pediu que os graduandos não esquecessem os direitos conquistados. No colégio São Paulo, um aluno pró Bolsonaro ameaçou uma colega de morte.

No Salesiano, um professor de inglês foi agredido por um eleitor bolsonarista. Na USP, três estudantes postaram fotos armados, anunciando nova era e fazendo ameaças em sala de aula. É daí para pior.(SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo