Madonna também é #EleNão: "não vai nos calar" - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Madonna também é #EleNão: "não vai nos calar"
Em 01/10/2018

Madonna também é #EleNão: "não vai nos calar"

Wikimedia Commons
mado.jpg

Madonna usou o Instagram para apoiar campanha brasileira

Madonna é mais uma estrela internacional a anunciar apoio à campanha #EleNão, criada por mulheres brasileiras nas redes sociais em repúdio ao autoritarismo e ao preconceito defendidos pelo candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL).

A cantora norte-americana - que hoje vivem em Lisboa (Portugal) com os filhos - publicou em seu perfil no Instagram um stories em que diz: #EleNão vai nos desvalorizar #EleNão vai nos oprimir #EleNão vai nos calar, além de usar a hashtag da campanha, usou também a #endfacism.

 Print no stories de Madonna

 Madonna se une a outros artistas e celebridades internacionais que desde o último fim de semana têm aderido ao movimento brasileiro. Na terça-feira 25 a atriz Ellen Page lembrou em seu Instagram  a entrevista que fez com o presidenciável em 2016 nas filmagens do documentário sobre homofobia Gaycation. A norte-americana esteve no Brasil e ficou frente a frente com o deputado. "Eu entrevistei Jair Bolsonaro para o Gaycation. Ele é um homem perigoso, homofóbico, racista e misógino que atualmente lidera a corrida presidencial no Brasil", acusou ela.

Leia também: 
Atriz de Handmaid's Tale adere ao #EleNão
Globais aderem ao desafio #EleNão no Instagram e chamam para ato

"Frase diretamente homofóbica: 'Prefiro que meu filho morra em um acidente do que apareça com um cara bigodudo. Juntem-se às vozes das pessoas que estão se unindo no Brasil para dizer #elenão #neverhim. Estou mandando amor e apoio aos brasileiros que resistem a essa loucura", afirmou ela.

No domingo 23 a atriz Madeline Brewer, a Janine da série distópica The Handmaid's Tale, Dan Reynolds, vocalista da banda de pop rock Imagine Dragons, as cantoras Dua Lipa, Kehlani e Nicole Scherzinger, o produtor Diplo e a drag queen Shangela também usaram as redes sociais para apoiar a campanha brasileira, além da cantora Cat Power e o grupo Black Eyed Peas, que também postaram imagens e hashtags de apoio à campanha.(Carta Capital)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo