Na crise, 12,5 milhões de jovens com nome sujo - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Na crise, 12,5 milhões de jovens com nome sujo
Em 22/08/2018

Na crise, 12,5 milhões de jovens com nome sujo

Na crise, 12,5 milhões de jovens com nome sujo

Muita dívida. Pouco dinheiro para pagar. Esta é a realidade do brasileiro. Quase metade dos jovens brasileiros com idades entre 18 e 29 anos está inadimplente. São cerca de 12,5 milhões de pessoas com restrição nos serviços de proteção ao crédito.

O número de consumidores com nome sujo aumentou 4,31% em julho em relação a igual período de 2017. No país, são cerca de 63,4 milhões de brasileiros negativados. O número corresponde a 41% da população adulta.

A situação piora porque o índice de desemprego no Brasil é alto. Sem salário, não há como pagar as dívidas. A inadimplência é maior (46%) entre os jovens de 25  a 29 anos. Entre os que têm de 18 a 24 anos, o percentual é de 19%.

O cartão de crédito é o vilão e responde por 45% dos débitos. Depois, surgem os cartões de loja (30%), telefonia móvel (15%) e os demais itens (10%), que incluem gastos com moradia, energia, água e educação, por exemplos.

Os dados são do levantamento feito pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito).(SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo