CAIXA ECONÔMICA: O contra-desenvolvimentismo do sistema financeiro - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » CAIXA ECONÔMICA: O contra-desenvolvimentismo do sistema financeiro
Em 14/08/2018

CAIXA ECONÔMICA: O contra-desenvolvimentismo do sistema financeiro

CAIXA ECONÔMICA: O contra-desenvolvimentismo do sistema financeiro

Em mais uma medida que ameaça a função pública e social da Caixa, o governo federal abriu processo para selecionar novos vice-presidentes nas áreas de corporativo, fundos de governo e loterias, governo e habitação. O processo seletivo está aberto também para candidatos externos.

Para citar um exemplo, a Caixa é responsável por financiar cerca de 70% do crédito para habitação no país. 

O processo de seleção dos novos vice-presidentes da Caixa está sendo comandando pelo Comitê de Indicação e Remuneração do banco público e será conduzido pela Russell Reynolds, contratada pelo banco público.

Para candidatos internos da Caixa, as exigências para participação do processo seletivo para os cargos de vice-presidentes incluem ingresso no banco público por meio de concurso público, dez anos na instituição, já ter exercido cargo estatutário, curso superior concluído, dentre outras.

Para participantes externos, conforme processo do banco, são necessários no mínimo dez anos no setor público ou privado no setor bancário, atuação de quatro anos em cargo de direção ou de Conselheiro de Administração em empresa de porte da Caixa. 

O Conselho de Administração da Caixa já está aparelhado por agentes de mercado, o que impacta nos empregados. Nas negociações da Campanha Nacional 2018, dentre outros ataques direcionados aos trabalhadores, os representantes do banco não garantiram o pagamento da PLR Social. (SP Bancário)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo