Da fantasia ao desalento: emprego patina e falta trabalho para 12,4% - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Da fantasia ao desalento: emprego patina e falta trabalho para 12,4%
Em 02/08/2018

Da fantasia ao desalento: emprego patina e falta trabalho para 12,4%

Suamy Beydoun/AFP
055_AGIF259853.jpg

No Vale do Anhangabaú, em São Paulo, um triste retrato da tragédia


Logo após a reforma trabalhista entrar em vigor, em novembro do ano passado, o Ministério do Trabalho previu a geração de 1,78 milhão de empregos com carteira assinada em 2018. Agora, nem o mais crédulo governista ousa repetir a predição, baseada na igualmente fantasiosa projeção de 3% de crescimento do PIB feita pela equipe econômica de Michel Temer.

Em junho passado, o Brasil voltou a perder postos formais. O número de demissões (1.168.192) superou o de contratações (1.167.531), resultando em um saldo de 661 vagas perdidas.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), baseados nas informações repassadas mensalmente pelas empresas ao governo. No acumulado do primeiro semestre do ano, o saldo é positivo (392,4 mil vagas a mais), ainda assim está muito aquém das triunfalistas previsões palacianas e dos 3 milhões de empregos formais que evaporaram nos últimos três anos. (Carta Capital)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo