Fenaban frustra bancários na primeira negociação - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Fenaban frustra bancários na primeira negociação
Em 29/06/2018

Fenaban frustra bancários na primeira negociação

Fenaban frustra bancários na primeira negociação

Na primeira rodada de negociação, realizada ontem (28/06), em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários tinha a expectativa de assinatura de um pré-acordo, garantindo os direitos previstos na CCT (Convenção Coletiva de Trabalho). Mas, a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) frustrou os trabalhadores. Nada de resposta, nem proposta.

Os banqueiros também não garantiram a assinatura do documento na próxima negociação, prevista para 12 de julho, pela manhã, em São Paulo. Presente no encontro, o presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto ressaltou que “os banqueiros mudaram a postura na mesa de negociação após a entrada em vigor da reforma trabalhista, que já está sendo implementada pelos bancos. Isso ficou evidente na postura do novo negociador da Fenaban, Adalto Duarte. Tudo isso reforça a necessidade dos sindicatos mobilizarem a categoria para a campanha. A participação da categoria será fundamental para as conquista das nossas reivindicações”.

Direitos como vales refeição, alimentação, auxílio-creche/babá, PLR (Participação nos Lucros e Resultados), além da mesa unificada nacional entre bancos públicos e privados estão em risco.

Como a data base da categoria é 1º de setembro, a atual CCT tem validade até 31 de agosto. Por isso, a ultratividade é uma prioridade, sobretudo, por conta da vigência da legislação trabalhista, que acabou com a renovação automática do acordo.

Os bancos já mostraram que querem endurecer. Os bancários, portanto, devem aumentar a unidade e a mobilização para garantir uma campanha salarial vitoriosa, diante do atual cenário.


De janeiro a maio de 2017, foram registrados 13.665 acordos e 1.985 convenções. Em 2018, com a mudança na lei, no mesmo período foram 3.782 (queda de 72%) acordos e 327 convenções no país (redução de 84%), segundo dados do Boletim Salariômetro, da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas).

Mobilização
Na quinta-feira (05/07) será realizado Dia Nacional de Luta em Defesa dos Bancos Públicos. Depois, 11 de julho acontece Dia Nacional de Luta em Defesa da CCT e dos direitos da categoria.

Os bancários devem usar #TodosPelosDireitos e #AssinaFenaban nas redes socias para pressionar os bancos.(SBBA)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo