Pautas específicas - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Pautas específicas
Em 11/06/2018

Pautas específicas

Pautas específicas

BB - Defender os bancos públicos dos ataques do governo neoliberal é um dos principais objetivos dos bancários do Banco do Brasil nesta campanha salarial. Os bancários querem ainda melhoria das condições de trabalho nas agências com contratação de funcionários e dos escritórios digitais; defesa da Cassi; rejeição às propostas da consultoria Accenture, contratada pelo banco, que apresenta em seu relatório modelos de governança que incluem no nível diretivo gestores externos ao corpo de associados e para a Cassi, que quebra a solidariedade e penaliza os menores salários estão no documento. 

 

Santander - Com centro no mote “nenhum direito a menos”, os bancários vão lutar na campanha salarial pela manutenção do ACT, com a atualização das cláusulas econômicas.
Os empregados também negociam a assinatura de um Termo de Compromisso para que o Santander negocie previamente com as entidades representativas quando for tomar alguma medida para se adequar à nova lei trabalhista.

 

Itaú - A minuta foi elaborada com a contribuição de 91 delegados e deliberaram que a COE (Comissão de Organização dos Empregados) vai continuar a discutir com a empresa são o SQV (Score de Qualidade de Vendas), a cláusula 65 e o PCR para 2019 e 2020. 
O pensamento entre os participantes dos debates era um só. O Itaú, um dos bancos que financiou o golpe de 2016 contra a democracia e que gerou uma enorme crise no país, tem perfeitas condições de atender as demandas dos trabalhadores. 

 

Bradesco - Defesa dos empregos, ampliação de postos de trabalho, garantias das cláusulas do acordo coletivo e mais crédito para desenvolver a economia estes são os principais pontos da pauta de reivindicação específica dos funcionários do Bradesco.

 

Caixa - Além dos principais eixos da minuta, os delegados aprovaram a permanência da mesa de negociação unificada da Campanha Nacional. À defesa da Caixa 100% pública soma-se a luta por mais contratações e contra a precariedade das condições de trabalho, além da revogação da reforma trabalhista/lei da terceirização e contra a reforma da Previdência.

 

SBBA e Feeb


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo