MP da reforma trabalhista vai caducar. Veja consequências! - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » MP da reforma trabalhista vai caducar. Veja consequências!
Em 05/04/2018

MP da reforma trabalhista vai caducar. Veja consequências!

MP da reforma trabalhista vai caducar. Veja consequências!

Para aprovar a reforma trabalhista no Senado sem que sofresse modificações – o que faria com que o texto retornasse a Câmara para nova votação em plenário – Temer se comprometeu com a edição de medida provisória (MP 808), que alterou pontos criticados por senadores. A MP foi de fato editada e está em vigor, mas sua validade vai até 23 de abril. Para que não caduque, a MP 808 teria de ser votada por Comissão Mista na Câmara. Entretanto, o colegiado, que não tem presidente, sequer marcou sessão para essa semana.

O que era ruim fica pior

Caducando a MP 808, trabalhadores sofrem ainda mais prejuízos: grávidas e lactantes poderão trabalhar em ambientes insalubres, grau mínimo e médio, sem autorização médica; autônomos poderão trabalhar com cláusula de exclusividade em contrato; poderá se estabelecer jornadas de 12h por 36h mediante acordo individual, sem necessidade de acordo ou convenção coletiva; fim da quarentena para recontratar demitidos como intermitentes, entre outros.

Insegurança jurídica

Outra consequência do fim da validade da MP 808 está relacionada com a vigência da reforma. O texto da MP determina que a nova legislação deva ser aplicada para todos os contratos, inclusive os anteriores a sua vigência. Sem a MP, a tendência é que cada tribunal defina a polêmica de forma diversa. O Tribunal Superior do Trabalho deve unificar o tema, mas isso pode levar anos. (SPBancários)


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo