Em 4 anos, Bahia perde 1.948 vagas nos bancos - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Em 4 anos, Bahia perde 1.948 vagas nos bancos
Em 12/03/2018

Em 4 anos, Bahia perde 1.948 vagas nos bancos

Em 4 anos, Bahia perde 1.948 vagas nos bancos

O golpe parlamentar-jurídico-midiático de 2016 revelou aos brasileiros os males da política neoliberal imposta pelo governo Temer. Tudo sob o comando do sistema financeiro. A agenda assegura benefícios e incentivos ao grande capital e impõe aos trabalhadores uma agenda perversa, de retirada de direitos.

Os bancários estão entre os que perdem. O modelo de exploração atinge em cheio a categoria, cada dia mais doente e, aos poucos, extinta. Os números mostram. No Brasil do início da década de 90, eram 732 mil trabalhadores no setor. No ano passado, 458.485 mil.

A Bahia não escapa da voracidade das organizações financeiras. O Estado teve um período bom de ascendência - em 2006 tinha 15.106 bancários, chegando a 18.852 em 2013 -, mas com a crise institucional instalada pela direita e pela elite em 2014, com mais uma derrota nas eleições presidenciais, tudo mudou.

O sistema financeiro viu a boa oportunidade de impor sua agenda de retrocesso aos trabalhadores e de lá para cá deita e rola. O número de bancários nas agências tem reduzido bruscamente. Em dezembro de 2017 eram 16.915. Menos 1.948 vagas no mercado de trabalho em quatro anos.

Fonte: SBBA


Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo