Autoatendimento: serviço ruim, estresse total - Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região
Home » Notícias » Autoatendimento: serviço ruim, estresse total
Em 22/06/2011

Autoatendimento: serviço ruim, estresse total

Autoatendimento: serviço ruim, estresse total Temos que reconhecer, em matéria de esperteza e ou malandragem os banqueiros são nota 10. Tanto é assim que criaram a partir dos anos 90 as chamadas salas de autoatendimento, onde o cliente trabalha de graça para o banco executando serviços que outrora eram efetuados por bancários. Essa iniciativa surgiu como mais um mecanismo da chamada segmentação do atendimento, onde operações simples e pouco rentáveis devem ser repassadas para os chamados canais alternativos de atendimento, uma maneira obvia de reduzir despesas.
Contudo, passadas mais de duas décadas o que vemos é o total desrespeito com os usuários do autoatendimento. São problemas nos sistemas, cartões sem identificação, terminais que não funcionam, falta de numerário, ausência de papel para extratos, insegurança, etc.
Em nossa cidade, temos recebido diversas queixas, principalmente dos clientes do Bradesco e da Caixa Econômica Federal. Os consumidores de serviços bancários devem queixar-se às ouvidorias dos bancos e principalmente ao Banco central, cujo temido número por parte dos banqueiros é: 0800 979 2345. LIGUE E DENUNCIE!

Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo