Sindicato dos Bancários de Itabuna e Região - artigo_id:1516
Em 25/11/2011

Metas abusivas, competição desenfreada e as doenças ocupacionais

Metas abusivas, competição desenfreada e as doenças ocupacionais

O título acima pode ser um tema para uma tese de qualquer estudante dos cursos de psicologia e medicina. Mas deve ser absorvido pela categoria bancária como uma análise pessoal e coletiva das reais condições de trabalho a que estamos submetidos nas agências bancárias.
Além do trabalho estressante, a insegurança por conta da não estabilidade do emprego, e também a onda de violência que paira no nosso meio, vejam os índices de assaltos, seqüestros, arrombamentos etc.
Convivemos também com o assédio moral e a cobrança incessante
Do cumprimento de metas, na maioria das vezes inatingíveis. Isto tudo, faz com que o trabalhador bancário, a cada dia esteja inserido do contexto das relações dos doentes profissionais.
Em todos os bancos ocorrem esta situação, mas vem chamando atenção, o número crescente entre os funcionários do Banco do Brasil. Imagine a situação de um funcionário de uma pequena agência do BB, assaltada várias vezes, e o gerente ou o tesoureiro receberem, constantes telefonemas anônimos, ou até a descoberta por parte da polícia de que as suas famílias serão as próximas vítimas de seqüestros e outros atos de terrorismo?
Como fica o estado emocional dos que estão diretamente ameaçados?
É necessário então exigir das empresas e do governo um plano especial de segurança. Rever a sua política de motivação e cumprimento de metas, bem como combater o assédio moral. E mais do que isso, o acompanhamento necessário (médico/psicosocial).
Do ponto de vista pessoal, cada trabalhador deverá avaliar sua condição humana, qualidade de vida, perspectiva e apoio familiar, levando em conta, que não é coerente reivindicar horas extras para crescer o orçamento e saber se vale a pena “se matar”, disputando um cargo comissionado,em regiões ainda inóspitas e inseguras. Convido você colega bancário, ao debate e , reflexão.

*Luis Sena – Professor, ex-vereador e funcionário do Banco do Brasil
luis.sena65@hotmail.com

Desenvolvido por Porttal Webdesign

Topo